quinta-feira, 13 de março de 2014

Avião supersônico terá telas no lugar das janelas

Redação do Site Inovação Tecnológica 

Avião supersônico terá telas no lugar das janelas
Os passageiros poderão diminuir o brilho das telas, alterar as imagens ou desligá-las. [Imagem: Spike Aerospace]
Avião sem janelas
Um jato supersônico de classe executiva terá telas finas embutidas nas suas paredes internas para substituir as janelas.
Câmeras espalhadas pelo exterior da aeronave vão transmitir as imagens para as telas.
Os passageiros poderão diminuir o brilho das telas, alterar as imagens ou desligá-las.
A Spike Aerospace, que projetou o avião, afirma que a eliminação das janelas vai diminuir o arrasto aerodinâmico - as janelas "causam desafios significativos na concepção e construção de uma fuselagem de aeronave", segundo a empresa.
Além do arrasto, as janelas exigem um apoio estrutural que representa peso adicional para os aviões. Os dois problemas poderiam ser eliminados usando microcâmeras e telas.
Avião supersônico terá telas no lugar das janelas
O S-512 terá uma velocidade de cruzeiro de Mach 1,6, por volta de 1.960 km/h. [Imagem: Spike Aerospace]
Jato supersônico
A empresa planeja terminar a construção do primeiro jato supersônico S-512 por volta de 2018.
O S-512 seria o primeiro jato executivo supersônico do mundo.
Com um custo estimado em US$ 80 milhões, o jato vai transportar 18 passageiros, e a empresa afirma que ele será capaz de voar de Nova Iorque a Londres em três a quatro horas, em vez das seis a sete atuais.
A velocidade dos aviões supersônicos é normalmente medida em Mach, uma unidade de medida de velocidade obtida dividindo-se a velocidade da aeronave pela velocidade do som - desta forma, a velocidade do som (1.224 km/h) representa Mach 1.
O S-512 terá uma velocidade de cruzeiro de Mach 1,6 e uma velocidade máxima de Mach 1,8 - para comparação, um Boeing 777-300 tem uma velocidade de cruzeiro de Mach 0,8.