terça-feira, 8 de abril de 2014

Navios do presente já podem ter cabine de espaçonave

 Navios do futuro terão cabine de espaçonave
À noite, câmeras termais mostram o que não pode ser visto diretamente. [Imagem: VTT]

Navios do futuro hoje

É comum ver a respeito de aviões do futuro e carros do futuro - e até de aeroportos e estradas do futuro.

Mas que tal um navio do futuro que não precise esperar pelo futuro?
Maaria Nuutinen e seus colegas do Instituto VTT, na Finlândia, garantem que todo o seu projeto de uma cabine de comando futurística para um navio comercial pode ser realizado usando a tecnologia disponível hoje.

Trabalhando em conjunto com engenheiros das Rolls-Royce, os pesquisadores buscaram soluções para todas as necessidades da tripulação de navios cargueiros, rebocadores, navios de abastecimento e navios-plataforma.

O resultado foi além do esperado inicialmente, chegando a incluir formas de condução remota, nas quais os navios podem ser conduzidos à distância, sem atuação direta da tripulação - ou, eventualmente, sem uma tripulação.
Navios do futuro terão cabine de espaçonave
O primeiro protótipo da "cabine de espaçonave" deverá ser construído em um rebocador. [Imagem: VTT]
 
Realidade aumentada

Para reduzir ao máximo os equipamentos, os computadores e suas telas são inteligentes, adaptando as informações mostradas dependendo de quem se senta para usá-las.

A janela frontal da ponte serve como uma tela transparente, mostrando não apenas as informações de navegação, mas também a rota do próprio navio e de outros que estejam nas proximidades.

À noite, a janela exibe imagens de câmeras térmicas sobrepostas às imagens reais, permitindo que o marinheiro mantenha o foco no curso.

A realidade aumentada também permitirá destacar obstáculos à frente, que poderiam ficar obscurecidos pela distância ou por condições climáticas.

Em termos do controle remoto de navios, os pesquisadores afirmam que toda a tecnologia necessária para isso também já existe, embora sua implementação exija uma normatização e a aceitação por parte da indústria e das empresas de transporte.

Os pesquisadores esperam construir o primeiro protótipo dessa cabine de espaçonave em um rebocador.