BitCoin

terça-feira, 27 de agosto de 2013

CE: cubanos são hostilizados por médicos brasileiros no 1º dia de curso

Profissionais estrangeiros foram chamados de escravos. Os brasileiros ainda cobraram que os médicos de fora façam a prova de revalidação do diploma.


Os médicos estrangeiros, na sua maioria cubanos, que estão no Ceará para fazer o curso de formação de três semanas para atuar pelo programa Mais Médicos foram hostilizados na noite se segunda-feira na saída da Escola de Saúde Pública, em Fortaleza, após a solenidade de acolhida. 
Segundo o jornal O Povo, um grupo de cerca de 50 médicos esperavam os estrangeiros na saída do prédio chamando-os de escravos.
Ainda de acordo com o jornal, o grupo que está no Ceará para a capacitação é composto por 96 médicos estrangeiros, sendo 79 cubanos. 
O presidente do Sindicato dos Médicos do Estado, José Maria Pontes, disse ao Povo que os manifestantes não são contra a vinda dos cubanos, mas por esses profissionais não precisarem passar pela prova de revalidação do diploma para trabalhar no Brasil.

Fonte:
http://noticias.terra.com.br/educacao/ce-cubanos-sao-hostilizados-por-medicos-brasileiros-no-1-dia-de-curso,18963165040c0410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html