BitCoin

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Prédio envidraçado e inclinado derrete capota de Jaguar

Com informações da BBC - 04/09/2013
Um arranha-céus que está sendo construído em Londres, conhecido como "Walkie-Talkie" devido ao seu design peculiar, foi o responsável por derreter partes de um carro com o calor gerado pelo reflexo do sol em suas janelas.
"É uma questão de reflexo. Se um prédio é curvilíneo e tem várias janelas planas, que funcionam como espelhos, os reflexos se convergem em um ponto, focando e concentrando a luz," diz Chris Shepherd, do Instituto de Física de Londres.
O carro, um Jaguar, estava estacionado em uma rua próxima ao prédio, exatamente no ponto atingido por um foco de luzes refletidas.
Um arranha-céus em Londres, conhecido como "Walkie-Talkie" devido ao seu design peculiar, foi o responsável por derreter partes de um carro com o calor gerado pelo reflexo do sol em suas janelas.[Imagem: BBC]
Um arranha-céus que está sendo construído em Londres, conhecido como "Walkie-Talkie" devido ao seu design peculiar, foi o responsável por derreter partes de um carro com o calor gerado pelo reflexo do sol em suas janelas.
"É uma questão de reflexo. Se um prédio é curvilíneo e tem várias janelas planas, que funcionam como espelhos, os reflexos se convergem em um ponto, focando e concentrando a luz," diz Chris Shepherd, do Instituto de Física de Londres.
O carro, um Jaguar, estava estacionado em uma rua próxima ao prédio, exatamente no ponto atingido por um foco de luzes refletidas.
O carro não foi o único que sofreu estrago. Houve também relatos de um banco de bicicleta derretido, de tecido queimado e de uma pintura empolada.
Um termômetro mostrou que temperatura no "ponto quente", onde o carro estava estacionado, era de 91,3ºC.
A empresa Land Securities, responsável pela construção do arranha-céus em parceria com o Canary Wharf Group, diz que está procurando uma solução para o problema, e que tomou a medida de emergência de fechar os estacionamentos localizados onde a luz é refletida.
Eles disseram que o problema é um fenômeno causado pela posição atual do sol. Acredita-se que o sol permaneça nessa posição por duas horas por dia e que possa causar problemas pelas próximas duas ou três semanas.
Gerador de energia
Em outros casos, o design da construção tem como objetivo usar o reflexo do sol para o aquecimento.
Fornos solares usam espelhos para absorver a luz do sol e criar altas temperaturas, normalmente com fim industrial. O maior desses fornos está em Odeillo, na França.
A temperatura gerada por esses fornos pode chegar a 3.500ºC, e o calor é usado para testar vários materiais, gerar eletricidade e energia solar.
Prédio envidraçado e inclinado derrete capota de Jaguar
Além de partes plásticas do carro, o calor queimou o carpete de uma loja e desprendeu ladrilhos de outra. [Imagem: BBC]
O mesmo princípio também é usado em telescópios refletores. Um espelho curvo coleta a luz e a reflete em um ponto específico.
Em relação ao arranha-céus e o carro, o professor Shepherd diz que o fato de o carro ser preto - uma cor que absorve bem a luz - ajudou no estrago causado pela concentração de luz.
Ele diz que as únicas partes que parecem ter sofrido danos foram as plásticas, o que é significativo, já que o plástico tem um ponto de fusão mais baixo que o metal do corpo do carro.
Alguns plásticos, como o PVC, podem derreter a uma temperatura de 100º C, mas podem amolecer antes disso.
Sobre o "Walkie-Talkie", Shepherd acredita que a construtora pode aplicar algumas soluções.
"Eles podem pintar as janelas para reduzir o reflexo, o que pode ser uma solução barata. A desvantagem é que pode diminuir a quantidade de luz que entra no prédio."
"Outra solução seria desalinhar a armação das janelas em cerca de um milímetro, mas isso seria muito caro," diz Shepherd.
Fonte: